91 256 97 88 info@asdeir.pt

Ilhas dos Contrastes – São Miguel e Pico

Preço
Desde€ 655
Preço
Desde€ 655
Nome*
E-mail*
A sua mensagem*
* Concordo com as Condições de Utilização e a Política de Privacidade.
Please agree to all the terms and conditions before proceeding to the next step
Save To Wish List

Adding item to wishlist requires an account

1829
6 noites | 7 dias
Datas: 31 Maio - 6 Junho
Açores
Nº. pessoas: 6 a 12

Vem com o nosso líder de viagens, e biólogo, André Gaspar conhecer duas das encantadoras ilhas açorianas, podendo, nelas, apreciar toda a diversidade deste arquipélago. De um lado temos a ilha de São Miguel, apelidada de “Ilha Verde”, do outro a ilha do Pico, conhecida como a “Ilha Cinzenta”. O contraste é inegável. Se na primeira, são as pastagens verdejantes entre colinas exuberantes que dão cor à ilha, na segunda, são as formações rochosas de origem vulcânica que dominam a paisagem.
Em São Miguel, vamos percorrer trilhos sinuosos em busca de recantos escondidos: miradouros, lagoas, cascatas e lugarejos. No Pico, somos levados pelo espírito dos antigos baleeiros numa oportunidade única de observar os grandes cetáceos. Sem dúvida um dos melhores destinos a nível mundial para a prática desta atividade.
A viagem termina com chave de ouro. A subida ao ponto mais alto de Portugal: a montanha do Pico. Que será, sem dúvida, o nosso maior desafio, mas também a experiência mais recompensadora.
Tudo isto sem esquecer a riqueza cultural destes locais. O povo açoriano é mestre na arte de bem receber e a gastronomia é outro dos pontos fortes da região
!

*O Governo Regional dos Açores pagará a totalidade do teste COVID-19 que terá que ser feito 72 horas antes do voo, bastando para isso apresentar o bilhete do voo no laboratório que escolheres fazer o teste.

Destaques
  • Acompanhamento de líder de viagem, o biólogo André Gaspar
  • Passeio de kayak na Lagoa das Sete Cidades
  • Trekking nos mais bonitos trilhos de São Miguel
  • Exploração do Parque Natural da Ribeira dos Caldeirões
  • Observação de baleias na ilha do Pico
  • Subida ao cume do Pico (montanha mais alta de Portugal)
Itinerário

Dia 1Chegada a Ponta Delgada

Na chegada ao Aeroporto de Ponta Delgada (São Miguel) serás recebido pelo teu líder da viagem, André, que te irá dar as boas-vindas e conduzir-te ao hotel.
Consoante o tempo disponível tens a oportunidade de dar um passeio pela cidade de Ponta Delgada. A não perder? As Portas da Cidade, o Centro Histórico ou o Mercado da Graça. Caso contrário não te preocupes que a verdadeira aventura começa amanhã.

Alimentação: –
Estadia: Hotel

Dia 2Lago das Sete Cidades - Ponta de Ferraria - Praia dos Mosteiros

Depois do pequeno-almoço saímos em direção à Mata do Canário. Pelo caminho paramos no Miradouro do Pico do Carvão. Deste ponto é possível ver São Miguel em toda a sua largura. De Norte a Sul uma vastidão de verde. Neste preciso momento, percebemos o porquê de esta ser apelidada de “Ilha Verde”. Ao longe, entre as montanhas do Maciço das Sete cidades, adivinhamos o trilho que iremos percorrer. Seguimos caminho.
Junto à Lagoa do Canário iremos dar início ao trilho da Serra Devassa. Uma caminhada que nos levará, por entre montes e vales, a um sítio muito especial: a Lagoa das Empadadas. Constituída por duas lagoas separadas apenas por uma estreita faixa de terra e cercadas por um bosque denso é, também, conhecida como “As Lagoas secretas de São Miguel”. Sem dúvida um autêntico tesouro escondido.
De regresso do trilho é hora de ir a dois dos mais visitados miradouros de São Miguel. E não é por acaso! O Miradouro da Boca do Inferno e o Miradouro da Vista do Rei com vista para a Lagoa das Sete Cidades, uma das 7 Maravilhas Naturais de Portugal, são os postais de visita da Ilha. Uma paisagem mágica que tão cedo não vais esquecer.
A própria Lagoa das Sete Cidades será o nosso próximo destino, onde iremos almoçar. Que tal um piquenique? De acordo com o nosso Líder de Viagem este é o local perfeito e vais ter a ajuda que precisas para preparar um verdadeiro banquete. Podes aproveitar para comprar produtos regionais para levar.

Depois de almoço relaxamos um pouco nas margens da Lagoa. E para os mais aventureiros, que tal trocar os paus de caminhada pelos remos e apreciar de perto as águas da Lagoa? A bordo de um caiaque vais certamente ter uma perspectiva diferente.

Partimos em direção à zona mais ocidental de São Miguel. Na Ponta da Ferraria onde a terra e o mar se encontram, somos testemunhas de um fenómeno geológico vulcânico que no passado moldou esta paisagem e resultou na criação destas águas termais e nas famosas piscinas naturais da Ponta da Ferraria. Consoante a maré, esperamos pela melhor altura para entrar nas águas termais.

O final de tarde será passado na Praia dos Mosteiros. Será que chegamos a tempo de ver o pôr do sol?

Alimentação: Pequeno-almoço
Estadia: Hotel

Dia 3Lagoa do Fogo - Ribeira dos Caldeirões - Nordeste

Hoje iremos partir em direção à região menos visitada na parte oriental da Ilha, o Nordeste. Uma região tranquila com uma paisagem própria, que serve de abrigo a uma das aves mais ameaçadas da Europa, o Priolo. Pelo caminho fazemos algumas paragens obrigatórias.
A manhã será tranquila, o objectivo é mesmo apreciar a paisagem. A primeira paragem será no Miradouro Alto da Lagoa do Fogo. Este é apenas um dos miradouros com vista para a Lagoa. Vamos ter tempo de explorar todos.

Para o almoço, fica uma sugestão para conhecer o melhor que a gastronomia açoriana tem para oferecer: o Restaurante da Associação Agrícola de São Miguel.
Depois de almoço mais uma paragem: a fábrica de Chá Gorreana. Na mais antiga plantação de chá da Europa é possível assistir a todo o processo de produção deste delicioso chá. Aqui as tradições orientais ainda se mantêm criando uma atmosfera que nos transporta para outro lugar.

A última paragem antes de chegarmos a Vila do Nordeste será no Parque Natural da Ribeira dos Caldeirões. Umas das mais incríveis cascatas de São Miguel encontra-se aqui.
Finalmente chegamos à pequena Vila do Nordeste onde está localizado o património arquitectónico de maior valor da ilha. Por momentos somos levados para os finais do século XIX. Há muito para explorar, por isso sugiro que fiquemos para jantar. De noite, a vila ganha outro encanto.

Antes do jantar, consoante o tempo, são vários os locais a visitar. Miradouros até perder a conta e até mesmo o Centro Ambiental do Priolo. Até porque não vais querer ir embora sem ver uma das aves mais raras da Europa.

Alimentação: Pequeno almoço
Estadia: Hotel

Dia 4Povoação - Furnas - Vila Franca do Campo

Neste dia iremos até Povoação, freguesia do Faial da Terra, para mais um trilho imperdível. O trilho leva-nos a um pequeno vilarejo pitoresco, Sanguinho, no meio de uma natureza exuberante, e culmina com a cascata do Salto do Prego. Se te sentires com coragem podes aproveitar para dar um mergulho!

Seguimos em direção à freguesia de Furnas. Junto à Lagoa das Furnas deparamo-nos com a maior manifestação de atividade vulcânica da ilha de São Miguel. É aqui que é confeccionado o delicioso cozido. Para abrir o apetite fazemos um percurso circular à volta da Lagoa.

Depois de almoço a tarde fica reservada para um passeio tranquilo pelo parque Terra Nostra e banho nas suas águas termais. A melhor forma de recarregar baterias para o que resta da viagem.
No caminho de volta passamos naquela que foi, em tempos, a povoação mais importante de São Miguel, Vila Franca do Campo. O alto da Ermida de Nossa Senhora da Paz oferece uma vista privilegiada. E que tal experimentar umas das mais típicas iguarias micaelenses? As Queijadas Vila Franca do Campo
.

Alimentação: Pequeno almoço
Estadia: Hotel

Dia 5Pico: Madalena - Lajes do Pico

O quinto dia marca a despedida da ilha de São Miguel. Saímos bem cedo em direção ao Aeroporto de Ponta Delgada onde iremos apanhar o avião para a Ilha do Pico.
Chegando ao Aeroporto do Pico, segue-se uma curta viagem até ao hotel na Madalena. A próxima atividade está marcada para a parte da tarde, portanto é uma boa altura para descansar ou explorar esta parte da ilha.

Depois de almoço seguimos caminho até o próximo destino, que se encontra no lado oposto da ilha. Percorremos aquela que para muitos é considerada uma das mais belas estradas do mundo.
Fazemos um desvio até à Lagoa do Capitão, para contemplar a vista incrível com a montanha do Pico como plano de fundo. Um pouco de inspiração para o dia seguinte.

Chegamos às Lajes do Pico, que será o nosso ponto de partida para a observação de cetáceos. A ligação dos Picarotos ao mar não é de agora. Por toda a ilha ainda é possível encontrar vestígios da indústria baleeira que hoje se encontra extinta. Hoje em dia a caça à baleia deu lugar ao turismo sustentável e a frase “Baleia à vista” ganhou um significado completamente diferente.

Alimentação: Pequeno almoço
Estadia: Hotel

Dia 6Subida ao Pico

Hoje é o grande dia da subida ao Pico. O ideal é sair bem cedo para evitar subir durante as horas de maior calor. Serão aproximadamente quatro horas de subida em terreno bastante inclinado. A recompensa é uma vista incrível de toda a Ilha do Pico e, com alguma sorte, poderemos ainda avistar as restantes ilhas do grupo central do Arquipélago dos Açores.
Com a sensação de dever cumprido iniciamos a descida!
De regresso à base resta-nos celebrar a conquista. O resto do dia será para relaxar e aproveitar os últimos momentos desta viagem.

Alimentação: Pequeno almoço
Estadia: Hotel

Dia 8Origem

Em horário a combinar, o líder de viagem levará os participantes ao aeroporto para voltarem ao destino de origem.

Alimentação:
 Pequeno almoço

Incluído

  • 7 noites em Hotel
  • 7 pequenos almoços
  • Acompanhamento de tour leader da Ás de Ir
  • Entrada no Parque Terra Nostra
  • Passeio de kayak na Lago das Sete Cidades
  • Subida ao Pico
  • Transporte nos Açores
  • Transfers de e para aeroporto (nos Açores)

Não incluído

  • Voos de/para Açores (desde 55€)
  • Voo São Miguel - Pico (desde 75€)
  • Alimentação não especificada (20€/dia)
  • Observação de baleias (55€ - opcional)
  • Despesas pessoais (bebidas, telefone, etc)
  • Entradas e visitas não descritas no itinerário
  • Seguro de viagem (9€)
  • Suplemento quarto individual: 120€
Mapa

Fotos

Sobre o guia André Gaspar
Licenciado em Biologia, é um apaixonado pela Natureza e Vida Selvagem. Em criança sonhava ser um Explorador. Mais tarde, decidiu tornar-se um Conservacionista e dedicar-se a melhorar o Mundo que o rodeia.

O seu espírito de aventura  já o levou a alguns dos lugares mais remotos do planeta. Atravessou desertos e enfrentou tempestades de areia no Médio Oriente, durante meses perseguiu jaguares na Selva Maya no México, mergulhou com tubarões no Belize, subiu ao topo de vulcões activos na Guatemala, viu de perto os maiores animais que já habitaram o planeta Terra no Sri Lanka, seguiu rinocerontes na África do Sul.

Depois de terminar a licenciatura partiu em busca de experiências que lhe permitissem compreender melhor as diferentes realidades associadas a actividades humanas que têm consequências ambientais negativas em regiões distintas do Planeta. Sempre com o objectivo de ter um impacto positivo nas comunidades que o recebem trabalhou como Voluntário, Assistente de Investigação e Educador Ambiental. 
Hoje em dia vê, a Educação Ambiental e a Liderança de Viagens, como a melhor forma de transmitir a sua paixão e conhecimentos, com o objectivo de consciencializar os outros a criar um futuro mais sustentável.

Partilhar esta viagem: